Transtorno de Pânico


O que é?

O transtorno ou síndrome do pânico é um dos transtornos de ansiedade, e se refere a ataques de pânico inesperados e recorrentes.

Um ataque de pânico é um surto abrupto de ansiedade caracterizado por medo ou desconforto intenso que duram alguns minutos e deixam um medo muito grande de sentir novamente um novo ataque parecido. Embora sejam intensamente desconfortáveis, os ataques de pânico não são perigosos. Muitos pacientes apresentam agorafobia associada, que é um medo ou ansiedade em relação a lugares dos quais a saída poderia ser difícil.


Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito através da avaliação clínica e psiquiátrica do paciente. Preocupações de morte, problemas cardíacos ou respiratória podem ser o principal foco da atenção da pessoa durante o ataque, levando muitas vezes o paciente a emergências clínicas achando que estão para morrer de um ataque cardíaco.


Quais são os sintomas?


O ataque de pânico envolve um início súbito de pelo menos 4 dos seguintes sintomas:


1- Palpitações, coração acelerado, taquicardia.

2 - Sudorese.

3- Tremores ou abalos.

4- Sensação de falta de ar ou sufocamento.

5- Sensação de asfixia.

6- Dor ou desconforto no tórax.

7- Enjoos ou desconforto abdominal.

8- Sensação de tontura, instabilidade, vertigem ou desmaio.

9- Calafrios ou ondas de calor.

10- Dormências, anestesia, ou formigamentos.

11- Desrealização (sensação de irrealidade) ou despersonalização (sensação de estar distante de sí mesmo).

12- Medo de perder o controle ou enlouquecer.

13- Medo de morrer.


Qual a causa?

Fatores biológicos, genéticos, psicológicos e sociais estão envolvidos no aparecimento da doença.


Qual o tratamento?


Com o tratamento, a maioria dos pacientes exibe uma melhora importante nos sintomas. Os dois tratamentos mais eficazes são a farmacoterapia (medicações) e a psicoterapia. Dentre as medicações, os antidepressivos tem um papel de destaque no tratamento de longo prazo e os ansiolíticos para controle das crises por ter um início de ação mais rápido.


Caso você ou alguém próximo se identifique com esses sintomas, marque uma consulta no link abaixo.


* Segue o vídeo abaixo aonde falo sobre o transtorno de pânico.











3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Insônia