Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)

Atualizado: 11 de jul.

O que é? Qual a causa? Como é o diagnóstico? Quais os sintomas? Qual o tratamento?






O que é transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)?


O TOC é uma doença caracterizada por obsessões associadas ou não com compulsões.

Obsessões são impulsos, sentimentos, pensamentos, ideias que aparecem na mente de forma intrusiva e incontrolável, causando um desconforto muito grande no paciente. Podem ter vários temas, mas os mais comuns são limpeza e contaminação, verificação, moralidade, religiosidade e sexualidade.

Compulsões são comportamentos repetitivos realizados com a finalidade de neutralizar os efeitos desagradáveis das obsessões, muitas vezes se tornando rituais obrigatórios. Por exemplo, o paciente volta para verificar se fechou a porta diversas vezes (compulsão) para aliviar o pensamento obsessivo de dúvida se fechou ou não a porta de casa (obsessão), ou lava as mãos diversas vezes ao longo do dia (compulsão) para aliviar o pensamento de contaminação ou sujeira (obsessão).


Qual a causa do TOC?


O TOC é causado por uma combinação de fatores biológicos (genéticos), psicológicos e emocionais.


Como se diagnostica o TOC?


O diagnóstico é feito na avaliação psiquiátrica, o principal sintoma é a presença de obsessões ou compulsões que levam mais de 1 hora por dia e trazem sofrimento e interferência nas atividades cotidianas.


Quais os sintomas do TOC?


Presença de obsessões, compulsões ou ambas.

As obsessões são recorrentes e persistentes, causando ansiedade e sofrimento. A pessoa tenta ignorar, suprimir ou neutralizar as obsessões com outros pensamentos ou ações.

As compulsões são os comportamentos repetitivos (ex. Lavar as mãos, contar, verificar) ou atos mentais (orar, contar, repetir palavras em silêncio) que a pessoa se sente obrigada a executar em resposta a uma obsessão para prevenir ou reduzir a ansiedade e sofrimento ou evitar algum evento ou situação temida.



Como tratar o TOC?


O tratamento do TOC envolve diversos aspectos educacionais, psicológicos (terapia) e farmacológicos (medicamentos). A informação e orientação sobre o transtorno já traz um grande alívio ao paciente. Dentre os medicamentos, os mais eficazes no tratamento do TOC estão os antidepressivos e o tratamento deve ser mantido por longos períodos ou até mesmo indefinidamente.


Caso você ou alguém próximo se identifique com esses sintomas, marque uma consulta no link abaixo.





* Segue o vídeo abaixo aonde falo sobre o TOC




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Insônia