Transtorno de Personalidade

Atualizado: 11 de jul.

O que é? Como é o diagnóstico? Quais são os transtornos?





O que é?


Um transtorno da personalidade é um padrão psicológico e de comportamento que é muito diferente do que se espera de uma pessoa na sua sociedade. Geralmente começa na adolescência ou no início da fase adulta, é estável ao longo do tempo e leva a sofrimento ou prejuízo.

Esse padrão manifesta-se em duas (ou mais) das seguintes áreas:


  1. Cognição (formas equivocadas de perceber e interpretar a si mesmo, outras pessoas e eventos).

  2. Emoção (ex. instabilidade emocional)

  3. Relação com outras pessoas.

  4. Controle de impulsos.


Esse padrão é inflexível e abrange várias situações pessoais e sociais, provoca sofrimento significativo e prejuízo no funcionamento social, profissional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo.



Como é feito o diagnóstico?


O diagnóstico é feito através do exame psiquiátrico colhendo a histórica do paciente, os sintomas e o relato dos amigos e familiares.



Quais são os Transtornos de personalidade?


  • Transtorno da personalidade paranóide: é um padrão de desconfiança e de suspeita tamanhas que as motivações dos outros são interpretadas como malévolas.

  • Transtorno da personalidade esquizoide: é um padrão de distanciamento das relações sociais e uma diminuição da expressão emocional.

  • Transtorno da personalidade esquizotípica: é um padrão de desconforto agudo nas relações íntimas, distorções cognitivas ou perceptivas e excentricidades do comportamento.

  • Transtorno da personalidade antissocial: é um padrão de desrespeito e violação dos direitos dos outros.

  • Transtorno da personalidade borderline: é um padrão de instabilidade nas relações interpessoais, na autoimagem e nos afetos, com impulsividade acentuada.

  • Transtorno da personalidade histriônica: é um padrão de emocionalidade e busca de atenção em excesso.

  • Transtorno da personalidade narcisista: é um padrão de grandiosidade, necessidade de admiração e falta de empatia.

  • Transtorno da personalidade evitativa: é um padrão de inibição social, sentimentos de inadequação e hipersensibilidade à avaliação negativa.

  • Transtorno da personalidade dependente: é um padrão de comportamento submisso e apegado relacionado a uma necessidade excessiva de ser cuidado.

  • Transtorno da personalidade obsessivo-compulsiva: é um padrão de preocupação com ordem, perfeccionismo e controle.

Qual é o tratamento?


O tratamento requer psicoterapia e algumas vezes medicações para controlar os sintomas.


Caso você ou alguém próximo se identifique com esses sintomas, marque uma consulta no link abaixo.







14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Insônia